20/11/2009

letras dos nossos pensamentos...






















Portugal canta, poesia em forma de música, palavras que são gestos, melodias que nos tocam, notas soltas que deixam cair uma lágrima, umas de alegria outras de medo, de alegria... são memórias, são histórias e pensamentos... a música, quando cantada na nossa língua tem ainda mais impacto;)

muitas saudades de ouvir

grandes noites no Templários...

uma das melhores...

alma de Trovador

Com 40 anos de carreira Pedro Barroso festeja brevemente em Lisboa, no Teatro São Luiz, esses mesmos 40anos de canções, poemas e alma de trovador...

Apear de ser uma jovem e a sua obra ser para mim quase desconhecida, a surpresa foi imensa quando ontem começei a ouvir o seu mais recente álbum "Sensual idade", onde a primeira música é logo uma carta de apresentação da sua genialidade e genuinidade - fiquei apaixonada.

Dia 3 no São Luiz ou dia 12 em Torres Novas, eu irei ver!

Para avaliarem por vocês mesmo...



de volta de Roma


Sem dúvida que Roma é uma cidade fantástica, mas o que de melhor há para contar são mesmo os episódios com pessoas ou sobre pessoas;)


Se eu fosse artista, decidia ser um caricaturista, para exacerbar as ideias que me vieram à cabeça durante toda a viagem, faria desenhos exagerados de certos monumentos, mas de certeza que o alvo dos meus desenhos seriam as igrejas e Roma Imperial... e ainda os polícias e afins e alguma rudez do povo romano;|


Mas, viajar tem disto, aprende-se sem dúvida mais sobre nós mesmo e sobre as ilusões que criamos sobre determinados locais, afinal de contas as cidades não são cenários só porque pensamos em ir para lá de férias.



Os locais mais interessantes são sem dúvida, caminhar deliciadamente por entre as ruínas das história imperial... as bandas de rua de campo de fiori, a correria e atitude fashion de todos quanto percorrem a Via del Corso, a celebração multimédia na Piazza de Spagna pelos 20 da Queda do Muro de Berlim, Chiesa Ignazio com uma maqueta das igrejas/religiões do Mundo e a sua famosa falsa cópula, tem um pequeno segredo e motivo para ser falsa.



Reza a história e foi-nos contada pelo Padre da Igreja de Sto António dos Portugueses, que a Igreja de Sto Inácio tem uma falsa cópula mandado propositadamente pelo Vaticano e porquê? Porque se traçarmos uma linha entre o Palácio Quirinale e o Vaticano, a Igreja de Sto Inácio fica no meio, logo se tivesse uma cópula, taparia a vista sobre o Vaticano, quando os Papás se encontrassem de férias no palácio Quirinale;)


E sem dúvidas as pequenas iguarias que fomos conhecendo aqui e ali, pelas lojas tradicionais;)



E foi pela mão desse mesmo padre que tivemos a sorte de assistir a um extraordinário concerto na Chiesa di sant`Antonio dei Portoghesi, pela autoria de Giampaolo di Rosa, que pelas palavras da nossa anfitriã italiana, um músico excelente e de distinta apresentação. Mais interessante foi procurar agora pela igreja e pelo músico e descobrir um Blog - http://viadeiportoghesi.blogspot.com/ - exactamente sobre isto!


O concerto sem sem dúvida muito bom, mesmo para alguém como eu que foi apanhada de surpresa e sem saber ao que ia, tivemos ainda direito a uma palestra de explicação sobre o órgão... também em pesquisa fiquei a saber que em 16/10 deste ano este mesmo organista esteve em Portugal, mais precisamente na Sé de Braga também a dar um concerto de improvisação. Para mais informações http://www.giampaolodirosa.org/


Para terem uma ideia daquilo a que assistimos, fica um video...

Quero ainda destacar a Igreja de Sta Maria de Trastevere, que a mim me fez lembrar a Basilia de San Pietro em Veneza ;)


Esta viagem a Roma foi realmente espectacular e como não podia deixar de ser ouve ainda passeata de Bicicleta;)


Assim que seleccione as melhores fotos, irei publicá-las;)


VÃO LÁ, vão a Roma...a cidade eterno, onde cada canto é uma igreja, cada rua uma história, uma cidade que é um monumento por si só!!!

10/11/2009

Nada melhor...

que receber um convite ... ou pedinchar um;)


Assim, hoje será dia de cinema;)

As coisas nem sempre são como nós queremos!

É verdade, mesmo verdade - as coisas nem sempre são como nós queremos - e porque? Normalmente esperamos demais das coisas, das pessoas, das situações... como alguém me dizia muitas vezes "ganhas expectativas demais...depois é mais difícil avançar!"

09/11/2009

20anos depois da Queda da Cortina de Ferro

O Muro de Berlim foi uma realidade e um símbolo da divisão da Alemanha em duas entidades estatais, a República Federal da Alemanha (RFA) e a República Democrática Alemã (RDA).


Este muro, além de dividir a cidade de Berlim ao meio, simbolizava a divisão da Europa em dois blocos ou partes: Berlim Ocidental (RFA), que era constituído pelos países capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos da América; e Berlim Oriental (RDA), constituído pelos países socialistas simpatizantes do regime soviético.

Em 13 de agosto de 1961, guardas da República Democrática Alemã (RDA) começaram a fechar com arame farpado e concreto a fronteira que separava as partes oriental e ocidental de Berlim, bem como Berlim Ocidental do território da Alemanha Oriental.

Agravou-se assim a divisão da Alemanha no pós-guerra, dificultando a fuga de alemães-orientais para o Ocidente.

Este muro provocou a morte a 80 pessoas identificadas, 112 ficaram feridas e milhares aprisionadas nas diversas tentativas de o atravessar.


O Muro de Berlim caiu no dia 9 de Novembro de 1989, acto inicial da reunificação das duas Alemanhas, que formaram finalmente a República Federal da Alemanha, acabando também a divisão da Europa em dois blocos. Para muitos foi também este o momento do fim da guerra fria - a Queda da Cortina de Ferro.
Na opiniõe de outras a Divisão da Europa Ocidental e do Bloco de Leste, teve o seu fim efectivamente com a celebração de reunificação da Alemanã, em 3 de Outubro de 1990 e aqui sim o fim da Guerra Fria.

Na celebração, além da reconstrução de alguns trechos está marcado no chão o percurso que o muro fazia quando estava erguido.

E como hoje se celebra... muito se pode encontrar e ler...

“Como é que se vai para o Ocidente?


Estávamos ébrios de felicidade. Alguns deles ainda sentem a ressaca. Depois de 28 anos puderam passar a fronteira – assim, sem mais, foram abraçados por pessoas que nunca tinham visto antes, dançaram e cantaram e festejaram o reencontro, o mundo suspendeu a respiração. Agora estão de novo em casa, procuram tirar as conclusões sobre o que se passou, o que significou, como ia continuar. Fora tudo tão irreal, conta uma berlinense de quarenta anos que logo na quinta-feira tinha corrido para o ocidente. Sempre de novo abordava as pessoas, só para se certificar de que não era um sonho. Marlie

Menge, jornalista”, L. SCHEIDL (1999:50,51)

“O fim do antagonismo Este-Oeste e a reunificação política e económica do continente constituem a vitória do espírito europeu, um espírito de que os povos europeus precisam hoje mais do que nunca” P. FONTAINE, (2003:10)

“Enquanto nós vivíamos a euforia com a construção de Brasília, nos anos 50, os alemães recolhiam ruínas”. A frase do arquiteto Pedro Moreira resume o que por muitos anos fez o povo alemão após a Segunda Guerra, em 1945: reconstruir o país. Mas a paisagem urbana não foi refeita de forma homogênea. Com o Muro de Berlim, surgiram não só duas Alemanhas, mas diferentes estilos arquitetônicos." Carolina Iskandarian

Postdamer Platz é uma das praças mais famosas e foi dividida em dois quando o muro foi erguido. O Metrô ali parou de funcionar. Do lado oriental, ficou um enorme vazio. Hoje, ela é um dos símbolos da reunificação e da queda do comunismo. Reúne prédios modernos, coloridos, restaurantes, cores e luzes.

http://www.youtube.com/watch?v=R2Eyao-2KWo

Wind Of Change Vento da Mudança




I follow the Moskva Eu sigo o Moskva

Down to Gorky Park Até o Parque Gorki

Listening to the wind of change Escuto o vento da mudança

An August summer night Uma noite de agosto

Soldiers passing by Soldados caminhando

Listening to the wind of change Escuto o vento da mudança



The world is closing in O mundo está próximo

Did you ever think? Você já imaginou

That we could be so close, like brothers Que podemos ser parentes,irmãos?

The future's in the air O futuro está no ar

I can feel it everywhere Posso senti-lo aqui

Blowing with the wind of change Soprando com o vento da mudança
(...)

Walking down the street Caminhando pela rua

Distant memories Recordações distantes

Are buried in the past forever Enterradas no passado, para sempre
(...)
Take me to the magic of the moment Leve-me à magia do momento

On a glory night Numa noite de glória

Where the children of tomorrow dream away Onde as crianças compartilham os seus sonhos

In the wind of change Com a mudança



O vento muda as páginas do livro, como as mentalidades têm força para mudar o curso da história. São personalidade que obrigam a mudança, criando-nos a nós, a nossa história, fazendo-nos ver o Mundo...

07/11/2009

Degustação


e durante a viagem...

e se o avião...

caisse....
pelo menos tu...meu amor...saberias o que sinto...




board gate 16

18:15 - Gate 16 - Board Gate to Home;)

Aqui vou eu, quase quase a entrar pro voÔ e suspeito que a equipa do Marítimo me presegue, depois de tantos dias a usar as instalações deles, que eles julgaram ser necessário mandar a equipa de juniores ou juvenis escoltar-me... sim porque sossego que é bom não vai haver ;)))
 


Como uma típica trabalhadora, que sai fora para trabalhar comprar presentes de Aeroporto... como a sogrinha teve doentes nestes dias que tive fora... vou levar-lhe um mimo - uns rebuçados de funcho, já que dizem que as ervas são milagrosas;)

Quando aterrar terei que contar as peripécias do guia/motorista/actor de revista... e tantas coisas mais... o Manuel ... a "peça", dita masculina e que adora mulheres, mas que veio o caminho todo a falar mal de nós - gajas!

E assim será a vista....


06/11/2009

Sinal de Rede: FORTE

Ora se o sinal é forte eu consigo trabalhar normalmente no meu mini pc;) e consigo ceder a diversas coisas todas as mesmo tempo... logo ao BLOG

por isso cá estou eu a teclar directamente da MADEIRA, mais propriamente navegando felizmente por causa da Vila Lusitânia, um espaço familiar e acolhedor... onde eu tenho passado a maioria das minhas horas;)

http://www.vila-lusitania.com/


Mas a Madeira não é só isto... ah pois não há uma série de episódios;)
nomeadamente episódios alemães;)

Os alemãos são o povo por excelência que visita a Madeira... e há para todos os gostos, os que dormem em hoteis 50estrelas, na 1ª linha do Mar, na parte mais in que é o Lido;)
Depois há os outros que estão tardes a beber cerveja nas esplanadas, vão ao pingo doce e dormem aqui... nas residenciais e Villas...fazem kms a pé, dormem até à hora quase de fecho do peq. almoço (como eu) e aparecem com os olhos como batatas...há algumas semelhanças entre eles e eu... talvez por isso todos me dizem MORGEN... Guten Morgan... ;) Alguns tentaram até conversas, mas eu no meu Alemão de 12º ano lá lhes disse "Ichj sprechen nicht Deutsch, ich bin Portugueses!" LOL


QUE SAUDADES DA ALEMANHA.... frankfurt ficou no meu coração - sem dúvida

amor que tal numas próximas férias - voo para alemanha - qq sitio serve - depois aluguer de carro - GPS no bolso e bora lá, numa grande volta pela Alemanha...quem sabe umas tiradas À Áustria, Polónia, Bélgica e Holanda... comemos aqui e ali, nos pingos doces ou seus semelhantes e bora lá ... interessiert?

Assim é a Madeira...mas há mais peripécias...

TAXIS na Madeira...descobri uma nova designação para Taxa - Taxas Altas - aXelaração Arriscada... ora ai está os designios dos Taxistas na Madeira, cobrarem sempre pelo mais alto e acelerarem até o turista ficar zonzo ... talvez seja uma estratégia de venda... assim o alvo a abater ou melhor a pagar fica tão atordoado que nem vê bem a nota de 10€ que deixa para viagens de pouco mais de 6a8minutos... é assim, pois é



A via rápida da Madeira, mais propriamente no Funchal é ums pista patra Xunnings de cor amarelo garrido e faixa azuis que sinalizam perigo...só pode...eles são assim berrantes para todas a gente saber que lá vêm eles e se afastarem...


O taxista da Madeira não é o típico fogareiro lisboeta, mas sim um FOGUETE, fugindo da perseguição do carro comun... fogem acelerando pela Madeira sempre toda a subir em direcção ao cé, que se avizinha negra sempre por volta das 18h da tarde... os picos parecem revoltados... quando ainda há sol resplandecente aqui em baixo...a mais de 1800m de altitude os deuses (que veêm os taxistas) ficam loucos e escurecem de raiva... como o meu estomago nos últimos dias.

E é assim...cá andamos por terras de portugal, banhadas pelo Atlântico!